Arquivo de tag 30 anos de artesana

porblogartesana

30 anos de história ARTESANA

Por Camila Marques

Fundada em setembro de 1985, a ARTESANA é reconhecida – hoje – pela qualidade, competitividade, e excelência em prestação de serviços e distribuição de divisórias, forros, pisos, revestimentos, paredes drywall, acústica e seus acessórios para clientes de todo o País.

Inicio Artesana

Princípios básicos de sua atuação no ramo de construção seca: respeito e a dedicação aos seus clientes, parceiros e colaboradores. Com isso, busca atingir seus objetivos de negócio, manter um crescimento sustentado e uma filosofia apoiada na qualidade de seus profissionais, materiais, tecnologia e serviços.

A empresa ocupa hoje uma área de aproximadamente de 7.000m² destinada ao estoque de produtos e escritório administrativo. Com essa base operacional, a empresa atende todo o território nacional, exercendo um exímio trabalho no ramo de construção seco. Sendo assim, umas das empresas líderes de mercado.

Nova Equipe Artesana

E para comemorar os 30 anos de muito sucesso do grupo ARTESANA, no dia 19/11/2015 promovemos um evento repleto de atrações e muita diversão para os nossos artesanos, com direito a entrevistas, memorial ARTESANA, vídeo de retrospectiva e para finalizar a presença da Banda M7.

Evento 30 anos grupo Artesana

TEASER EVENTO 30 ANOS DE ARTESANA 

O ano de 2015 foi muito importante para o grupo ARTESANA, tanto pelo crescimento nas vendas como também pela comemoração aos 30 anos do grupo.

Confiram o vídeo de retrospectiva dos 30 anos do grupo ARTESANA.

ENTREVISTAS: 30 ANOS DO GRUPO ARTESANA 

 

 

 

 

 

 

 

porblogartesana

Dica: Feira Expo Arquitetura Sustentável

Por Camila Marques

O mercado de construção sustentável vem crescendo e se desenvolvendo com muita rapidez no Brasil e no mundo. Cada vez mais empresas estão trilhando o rumo da ecoeficiência, uma vez que o ramo da construção civil é um dos mais importantes para a consolidação dos conceitos de sustentabilidade na sociedade.

Em sua 2ª edição, a Expo Arquitetura Sustentável é o evento mais democrático do setor da construção sustentável no Brasil, que reúne todos os modelos e normas de certificações do mercado, integrando toda a cadeia industrial com os arquitetos, construtores e incorporadores, apresentando inovações, tecnologias, conceitos e soluções de sustentabilidade para eficiência na construção de residências, escritórios e indústrias.

Todos os modelos e normas de certificações reconhecidas internacionalmente terão oportunidade de exposição: A3P; AQUA; BH Sustentável; BREEAM; FSC; HQE; LEED; Selo Casa Azul; Selo RGMAT; SKArating, entre outros.

 

Data: 10 – 12 Novembro | 2015
Horários:
Exposição > 11h às 20h
Conferência > 9h às 18h
Local: Expo Center Norte, São Paulo/SP – Brasil

 

O evento é destinados para Engenheiros, Arquitetos e entre ou profissionais da construção ao visitar o evento, você ficará por dentro das novidades, tendências e soluções para o setor da construção sustentável se encontram. Além de relacionamento e ótimas oportunidades de negócios com grandes marcas nacionais e internacionais.

Fique atendo ao conteúdo de palestrantes e debates na Conferência e Ilha do Conhecimento.
Para mais informações acesse o site:

http://www.expoarquiteturasustentavel.com.br/

porblogartesana

A importância de um Contrapiso bem feito: como identificar?

Por Marketing Artesana

A instalação de pisos vinilicos ou de cerâmica requer muito cuidado na preparação do contrapiso, atualmente as obras requerem grande velocidade e perfeição na sua execução. Há necessidade de várias atividades simultâneas, muitas vezes com dependência entre elas.Para exemplificar, é impossível colocar um acabamento de piso sem que a laje esteja pronta e regularizada com o contrapiso. Este artigo é para demostrar a importância do contrapiso não só para colocação dos pisos vinílicos mas também para assentar cerâmicas e acabamentos à base de madeira e outras fibras, como os carpetes.

Quando o projeto esta em andamento onde definimos cor e tipo de acabamento, muita gente esquece da importância do contrapiso, que é a base para aplicação dos revestimentos.

O contrapiso tem diversas funções dentro do sistema construtivo, dentre as mais importantes, destacam-se:

  • Servir de suporte para o revestimento de piso e seus componentes,
  • Corrigir pequenos desníveis na laje do piso,
  • Resistir às cargas atuantes durante a utilização, sem apresentar rupturas,
  • Embutir tubulações elétricas e hidráulicas,
  • Incorporar sistemas de impermeabilização,
  • Complementar sistemas de isolamento acústico ou térmico,
  • Proporcionar os caimentos necessários para os diversos tipos de uso dos ambientes,

Como deve ser o aspecto de um contrapiso bem feito?

O bom desempenho do contrapíso está diretamente relacionado à algumas características e propriedades que devem ser observadas em sua execução, tais como:

 

  • Aspereza, determinada em função da granulometria da areia utilizada,
  • Poucas Ondulações. O resultado esperado é obtido face ao método de desempeno utilizado e da habilidade e capricho do profissional.
  • Resistência mecânica, decorrente dos materiais utilizados e de suas dosagens. Recomenda-se argamassa com traço de 1:3, respectivamente, para cimento e areia.
  • Quantidade de água da mistura e etapas de execução. A água deve ser a estritamente necessária, nem mais nem menos, e a argamassa deve ser espalhada em pequenas camadas, devidamente adensadas, se a espessura a cobrir for superior a 2 ou 3 centímetros.
  • Capacidade de absorver as movimentações naturais da estrutura.

A observação de algumas características do contrapiso tem fundamental importância na durabilidade do revestimento nele instalado. Por isso, deve-se conhecer inicialmente o local a ser revestido e o estágio de execução da obra. Com isso, será possível orientar ao executor as características necessárias ou realizar a avaliação de um contrapiso já existente.

Como Executar Contra-piso, Passo a Passo!
Agora que já vimos a importância e principais características dos contrapisos, vamos literalmente por a mão na massa, vendo passo-a-passo como fazer um bom contrapiso. A massa do contrapiso deve ser bem seca, parecido como uma farofa. Acompanhe: 

  • Após limpar a base e retirar todos os restos de argamassa, entulho ou qualquer material aderido o primeiro passo é fazer a tranferência de nível com o auxílio de um nível de mangueira (ou nível laser) a partir do nível de referência;
  • Marcar a altura do contrapiso com o auxílio de uma trena;
  • Sobre a superfície limpa, jogar uma mistura de água e adesivo na área onde as taliscas serão executadas;
  • Polvilhar cimento sobre a mistura;
  • Com a ajuda de um vassourão, escovar a massa. Essa mistura serve de ponte de aderência entre a laje e o contrapiso;
  • Colocar a argamassa sobre a superfície;
  • Depois de nivelar a argamassa, colocar a talisca (um pedaço de cerâmica ou madeira);
  • Com auxílio da trena e prevendo o caimento no sentido dos ralos, conforme o projeto, confira a altura do nível do contrapiso. Faça as outras taliscas do local;
  • Com um fio esticado, confira a altura das taliscas;
  • Aplicar sobre toda a base a mistura de aditivo e água;
  • Em seguida, polvilhar cimento sobre toda a base;
  • Com o auxílio do vassourão, escovar toda a área;
  • Jogar a “farofa” do contrapiso;
  • Com a ajuda de uma enxada, preencher os intervalos entre as taliscas, espalhando a argamassa em movimentos contínuos, para que não seque rápido demais;
  • A argamassa deve ser compactada com um soquete de madeira. Esse processo deve ser feito até que a argamassa de contrapiso chegue no nível marcado com o fio;
  • Após compactar a argamassa, sarrafear com movimento de vai-e-vem, apoiando a régua de alumínio nas taliscas;
  • Sarrafear a sobra até que a superfície alcance o nível das faixas em todos os lados da área do contrapiso;
  • Sobre as falhas e pequenos buracos, colocar um pouco de argamassa e nivelar a superfície até ficar totalmente lisa;
  • Desempenar a massa, alisando e dando o acabamento final no trabalho com o auxílio de uma desempenadeira de madeira (ou de alumínio, se necessário);

Esperamos que este artigo tenha contribuído para sanar algumas dúvidas sobre contrapiso.

Confiram nosso site a linha de pisos vinilicos e mantas.

 

Fontes:

Forum da Construção

100 pepinos