Arquivo de tag entrevista

porblogartesana

Lugar de mulher é no canteiro de obras

Engenheira civil formada pela Universidade Mackenzie, Karla Pagliuso é atualmente gerente geral da Artesana Engenharia, empresa do Grupo Artesana. Apesar de dizer que precisa ficar mais no escritório, admite que gosta mesmo de atuar na linha de frente das obras, como faz questão de ressaltar. Nesta entrevista, a executiva analisa as perspectivas da empresa a partir da reengenharia feita na área administrativa; apresenta as perspectivas da empresa no cenário atual, foco de atuação e as obras de grande porte que estão sendo tocadas.

 

Qual o foco de atuação da Artesana Engenharia?

A Artesana é especializada em diversos sistemas construtivos: Forros acústicos, salas  limpas, pisos vinílicos, forros removíveis, forros metálicos, brises, drywall, divisórias sanitárias, divisórias 35/50 mm, pisos e divisórias Wall. Além disso, queremos ampliar nossa atuação para o steel frame (sistema construtivo que utiliza o aço galvanizado como principal elemento estrutural). Trata-se de uma evolução, uma maneira mais fácil de construir. A partir disso, a ideia é abrir o leque e atender também projetos de ar condicionado, instalações hidráulicas e instalações elétricas.

 

Quais as vantagens do sistema steel frame?

Este sistema permite ampliar nossa atuação para todos os itens que envolvem uma construção. Por exemplo, lajes, vigas, revestimentos externos, chapa cimentícia, painéis, painel de OSB (trama de compensados), etc.

 

Quem são os clientes potenciais da Artesana Engenharia?

A Artesana Engenharia atende o mercado corporativo, construtoras, escritórios de engenharia e de arquitetura. Pegamos o projeto, orçamos e instalamos. Hoje, temos obras em São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Amazonas.

 

Na cidade de São Paulo, a Artesana executou três obras de interiores dos novos escritórios da Google Brasil, do Banco de Investimento Goldman Sacks e da Construtora Tecnisa. Quais os maiores desafios enfrentados nessas obras?

O grande desafio é manter o ritmo de produção do projeto dentro do cronograma estabelecido pelo cliente, driblando todas as dificuldades que surgem, como logística de entrega, jornadas de trabalho estendidas, alterações de projeto, falta de energia, e por aí vai.

Temos também o projeto em si, como o Google, por exemplo, que tem uma concepção muito particular. Foi um projeto com muitos produtos diferentes, com uma proposta inovadora que exigiu nossa articulação para oferecer soluções técnicas na aplicação de nossos produtos para realizar os detalhes propostos.