Arquivo de tag gesso acartonado

porblogartesana

Dica Artesana: Curso de Gesso Acartonado

Por Camila Marques

Sabemos que hoje em dia o mercado de trabalho exige cada vez mais o aprimoramento profissional, não é verdade?e no mercado da construção a seco isto não é muito diferente, pensando nisso o Instituto da Construção fornece cerca de 12 cursos focados na área da Construção Civil.

Cursos de Gesso Acartonado

Nossa dica de hoje é o curso de Gesso Acartonado , a proposta do curso é oferecer ao profissional condições e preparo para aplicar as técnicas para a instalação de paredes de gesso acartonado de forma simples, rápida e segura.

Para saber mais detalhes e informações sobre o curso, basta acessar a página:

https://www.institutodaconstrucao.com.br/cursos/Gesso-Acartonado

E lembre-se, quando for reformar ou realizar trabalhos com Gesso, consulte o site da Artesana.

 

 

porblogartesana

Conheça os componentes do sistema Drywall e suas aplicações

Convencionalmente, o sistema Drywall é formado pelos seguintes itens: chapas, perfis de aço, massas e itens de fixação. Aqui explicaremos cada um dos componentes que, a cada dia, ganha mais adeptos.

 

Chapas

Produzidas través de um processo de laminação contínua de uma mistura de gesso, água e aditivos entre duas lâminas de cartão, onde uma é virada nas bordas longitudinais e colada sobre a outra. Elas devem seguir os padrões e características apontadas nas Normas ABNT: NBR 14715:2001, NBR 14716:2001 e NBR 14717:2001.

processo de produção das chapas de Drywall

Click e confira o processo de produção das chapas de Drywall  

Tipos de Chapas

  • Standard (ST) ou Chapa Branca: Para áreas secas;
  • Resistente à Umidade (RU) ou Chapa Verde: Para aplicação em áreas sujeitas à umidade por tempo limitado de forma intermitente; e
  • Resistente ao Fogo (RF) ou Chapa Rosa: Para aplicação em áreas secas necessitando de um maior desempenho em relação ao fogo.

 

Tipo_bordas

Tipos de Bordas

Estocagem, Transporte e Manuseio

  • Os pallets das placas deverão ser transportados com cantoneiras de proteção nos pontos em contato com cordas e fitas de amarração utilizadas para a descarga e movimentação do produto;
  • Os apoios de empilhamento das chapas devem ter no mínimo 5 cm de largura espaçados a aproximadamente 40 cm e o comprimento deve ser igual a largura da mesma;
  • Manter sempre o alinhamento dos apoios ao empilhar vários pallets;
  • A fita lateral deve ser retirada no momento da aplicação das chapas;
  • O transporte manual das chapas deve na posição vertical; e
  • Nos locais potencialmente sujeitos à umidade, as chapas deverão ser protegidas com uma lona plástica.

 

Perfis de aço

Fabricados mediante um processo de conformação contínua a frio, por sequência de rolos a partir de chapas de aço revestidas com zinco pelo processo continuo de zincagem por imersão a quente. Para sua fabricação, as chapas de aço devem ter no mínimo 0,5mm e ser revestida por zinco Z 275, conforme NBR 7008:2003 (massa mínima de revestimento de 275 g/m² – ensaio triplo – total nas duas faces).

Tipos de Perfis

Clique e confira os tipos de perfis

Estocagem, Transporte e Manuseio

  • Os perfis devem ser mantidos preferencialmente amarrados e alinhados.
  • Evitar balanços ou distorções que possam causar amassamento ou torções nos perfis.
  • Perfis menores sempre apoiados sobre perfis maiores.

 

Massas

São massas específicas para o acabamento das juntas entre chapas de gesso. Devem ser utilizadas juntamente com fitas apropriadas. A utilização das massas e fitas de rejunte assegura o acabamento sem trincas.

Observação: Em nenhuma hipótese deve-se utilizar gesso em pó ou massa corrida de pintura para a execução das juntas.

Tipos de massas

Clique e confira os tipos de massas

Estocagem, Transporte e Manuseio

  • Massas em pó: estocar os sacos em local seco, afastados do piso, preferencialmente sobre estrados e em pilhas com no máximo 20 sacos intercalados para assegurar sua estabilidade.
  • Massas prontas: estocar os baldes em local seco e em pilhas de no máximo três baldes.

 

Fitas

São fitas componentes utilizados para o acabamento e para melhorar o desempenho dos sistemas drywall.

Observação: Não utilizar a fita telada para tratamento de juntas entre chapas de gesso.

 

Tipos de fitas

Tipos de fitas

Clique e confira os tipos de fitas

 

Fixação

São peças utilizadas para fixar os componentes dos sistemas drywall entre si ou para fixar os perfis metálicos nos elementos construtivos (lajes, vigas, pilares, etc.).

A fixação dos perfis metálicos nos elementos construtivos pode ser realizada com as seguintes peças:

  • Buchas plásticas e parafusos com diâmetro mínimo de 6 mm
  • Rebites metálicos com diâmetro mínimo de 4 mm
  • Fixações à base de ‘tiros’ com pistolas específicas para essa finalidade.

 

As fixações dos componentes dos sistemas drywall entre si se dividem basicamente em dois tipos:

  • Fixação dos perfis metálicos entre si (metal/metal)
  • Fixação das chapas de gesso sobre os perfis metálicos (chapa/metal)

 

A cabeça do parafuso define o tipo de material a ser fixado e sua ponta a espessura da chapa metálica a ser perfurada.

Tipos de parafusos

Clique e confira os tipos de parafusos

 

 

 

Acessórios

São peças indispensáveis para a montagem dos sistemas drywall. Normalmente são utilizadas para a sustentação mecânica dos sistemas.

Para acessórios em aço zincado, estes deverão ter, no mínimo, revestimento zincado Z 275, conforme NBR 7008:2003 (massa mínima de revestimento de 275 g/m² – ensaio triplo – total nas duas faces)

Os acessórios fabricados com outros materiais deverão ter uma proteção contra a corrosão, no mínimo equivalente aos de aço zincado

Acessórios

Clique e confira os acessórios

 

Observação: outras peças ou variantes das peças existentes podem ser criadas para as mesmas utilizações desde que aprovadas pelos fabricantes de chapas de gesso.

Fonte: Associação Brasileira do Drywall